26 de março de 2023

Depois de mais de 500 anos da chegada dos primeiros navegantes europeus à região, a Patagônia Chilena, localizada no sul do país, na Região de Magalhães, continua como um dos mais belos, exóticos e isolados lugares do mundo. Cercada por belezas naturais, possui uma natureza selvagem em sua forma mais inóspita, sincera e bela, dando as boas-vindas aos seus visitantes e convidando-os para dias intensos de explorações e aventuras por suas belezas.

Os cenários não poderiam ser mais deslumbrantes: cadeias de montanhas majestosas com picos nevados que refletem nos rios e lagos em tons exuberantes de azul e verde, glaciares imponentes, fiordes, cascatas, animais selvagens e uma rica vegetação com flores amarelas durante boa parte do ano. Paisagens que permanecem inalteradas e que são uma verdadeira obra de arte da geografia, parecendo pinturas de tão belas.

O coração da Patagônia Chilena é o lindo Parque Nacional Torres del Paine, com cerca de 181.000 hectares e uma beleza inesgotável. No topo da Cordilheira Paine, com 3,5 mil metros de altitude, estão as famosas torres de granito, o maior cartão-postal da região e que dão nome ao parque que foi declarado em 1978 como Reserva da Biosfera pela UNESCO, sendo um dos mais importantes do Chile, visitado por cerca de 150.000 pessoas anualmente.

Sua beleza é proporcional ao seu isolamento, por isso chegar a região não é tão fácil. A porta de entrada mais próxima é o Aeroporto de Punta Arenas, localizado a 150 quilômetros de Puerto Natales e a 390 quilômetros do Parque Nacional Torres de Paine. Ainda do avião já temos a primeira visão de que valeu a pena todo o esforço.

Dirigir pelas estradas patagônicas não é um problema e sim um verdadeiro prazer. Além de terem ótimas condições, para onde quer que olhamos vemos um lindo cenário com animais soltos pela natureza, montanhas, lagos e um céu que surge de maneira diferente a cada instante, com cores tão deslumbrantes que é difícil descrever. Assim qualquer deslocamento fica fácil e agradável.

Explorar a região pode ser uma experiência radical, aventureira ou até mesmo luxuosa e calma. Tudo vai depender do perfil e disposição de cada viajante. Passeios incríveis não faltam e existem opções para todos os perfis: famílias com crianças, idosos, casais em lua de mel, aventureiros e esportistas profissionais. Uma coisa é certa: quanto mais dias você passar e quanto mais passeios fizer, mais paisagens lindas em diferentes ângulos você verá.

Gosta de trekking? Que tal subir até a base dos famosos cuernos? São quase 10 quilômetros de subida, mas ao chegar ao topo cada minuto do esforço é recompensado ao ver a linda vista. Quer trilhas mais leves? Existem muitas opções também. Você poderá optar em fazer uma trilha pelos mirantes e navegação para ver de perto o Glaciar Grey. Ou quem sabe fazer a trilha do Valle do Francês passando por lindos lagos? Conhecer a Laguna AzulCascata del Paine, fazer cavalgadas com os gaúchos (figuras típicas da Patagônia), percorrer a região de carro e até mesmo fazer passeios exclusivos que os hotéis oferecem. Para os aventureiros, os circuitos, onde é preciso acampar, mais conhecidos são o “W”, que dura de 3 a 4 noites ou o “O” que dura de 8 a 10 dias, percorrendo por todo o parque.

E durante todos os passeios, muitos animais podem aparecer, como guanacos, raposas, ovelhas, lebres, vacas, cavalos selvagens, condores e, se der sorte, até mesmo um puma, que é muito comum na região. Contemplar a natureza é algo que não cansamos em uma viagem pela Patagônia e com certeza paisagens lindas não faltarão, independente do passeio escolhido.

Na Patagônia a natureza é quem manda e o clima é totalmente imprevisível, em qualquer época do ano, dando um charme a mais na região e podendo tornar qualquer passeio inesquecível, para o bem ou para o mal. Esteja preparado para tudo, pois você poderá perceber facilmente as 4 estações em um único dia. O dia pode amanhecer quente e com um lindo sol e no meio da tarde ventar, chover e até mesmo nevar. Por isso carregar acessórios na mochila é sempre essencial.

A hotelaria na região é um caso à parte. Você terá à sua disposição desde acampamentos até hotéis extremamente luxuosos. Você poderá se hospedar em Puerto Natales, nas proximidades de Torres del Paine ou inclusive dentro do Parque Nacional. Uma coisa é garantida: você com certeza terá uma bela vista onde quer que você esteja.

Boa viagem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.